Jardim Vertical

A presença dos jardins verticais iniciou-se em 1983, com o paisagista Burle Marx, porém a grande explosão desta técnica ocorreu há cerca de 10 anos com o fortalecimento da consciência verde e as incríveis ideias e inúmeras aplicações deste tipo de jardim nas áreas de arquitetura e ambientação.

 

As plantas são verdadeiros catalisadores de conforto térmico, em dias quentes refrescam o ambiente, em dias frios conservam o clima ameno; além da produção de oxigênio puro elas são sinônimo de bem estar, refrescância e vitalidade, e com toda certeza transformam para melhor o ambiente onde estão.

 

Por isso trouxemos a parede verde ou parede viva, também conhecida como jardim vertical. Ele pode ser inserido em ambientes internos e externos e tem algumas restrições, por exemplo, não comporta plantas com grandes raízes, pois estas não terão espaço para crescer e podem acabar estragando o suporte e também a incidência de luz e vento pode ser impedimento para muitas espécies, mas quando analisado o ambiente e a escolha das plantas for feita com atenção o resultado é um embelezamento do lugar onde ele for instalado.

 

Para obtermos um jardim vertical bem denso e fechado, de forma que a estrutura não apareça, deve-se escolher plantas pendentes a semi-pendentes, ou com folhagem prostrada a arqueada. Sempre tendo em mente espécies bem cheias, com ramos ou folhas que saem da base.

 

Para ambiente interno as espécies mais indicadas são: samambaia, antúrio, singônio, jiboia, véu de noiva, entre outras. Se estiver perto de janelas com luz natural as plantas ficarão mais saudáveis e bonitas.

 

Para ambientes externos leve sempre em consideração a disponibilidade de água e a frequência de irrigação possível. Em locais bem iluminados sugerimos: barba-de-serpente, colar-de-pérolas, flor-canhota, hera-inglesa, jibóia, lambari-roxo, russélia, trapoeraba-roxa, aspargo-rabo-de-gato, liríope e tilândsia.

 

Não podemos negar que uma parede verde dentro de casa traz a verdadeira calmaria, e o tanto que deixa a casa mais linda? Vocês também gostam?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *